Insatisfação no trabalho? Saiba o que fazer

Você acorda e fica triste quando pensa que precisa ir trabalhar, falta paciência para tratar as coisas com os colegas de trabalho e já não aprende ou apresenta mais nada de novo.

Esses são alguns dos sintomas da sua insatisfação no trabalho. O que fazer quando chega a esse ponto? A insatisfação no trabalho é um mal que acomete todos os tipos de empresa e os funcionários dos mais diversos níveis.

Insatisfação no trabalho

Você acorda e fica triste quando pensa que precisa ir trabalhar

É preciso uma avaliação geral em relação a esse problema, entender como funciona a empresa e como ela é responsável pela dificuldade enfrentada, mas também deve ser levado em consideração fatores individuas dos colaboradores. Assim, pode ser feito um diagnóstico preciso e a busca pela solução.

Quais os malefícios com a insatisfação no trabalho?

Quando a insatisfação no trabalho faz parte da realidade de um profissional, nada funciona bem.

Insatisfação no trabalho

Insatisfação no trabalho

Suas relações pessoais ficam prejudicadas, ele se torna um relator de problemas, reclama em tempo integral, não desenvolve o trabalho, quando faz não dedica todas sua habilidades na realização da tarefa, se atrasa ou falta com frequência e essas atitudes acabam por influenciar os outros colaboradores, prejudicando assim o funcionamento do setor como um todo e ocasionado na demissão.

Para a empresa, todo esse processo é desgastante, causa problemas de convívio e prejuízo de entrega de resultados. Ninguém ganha quando existe insatisfação no trabalho.

Fatores que geram a insatisfação no trabalho

Quando se pensa em fatores que geram a insatisfação no trabalho, o primeiro ponto avaliado é o próprio trabalho. Profissionais das mais diversas áreas relatam os motivos claros que levam a sua insatisfação, tendo como base os pontos falhos da empresa em que trabalha.

Esses funcionários relatam que a fonte do problema está em erros de liderança, uma gestão mal elaborada, sem estrutura e planejamento.

insatisfação no trabalho

Má gestão

Além disso, a falta de feedback e reconhecimento pelo trabalho desenvolvido, falta de comprometimento e agilidade dos setores de suporte e a massiva burocracia tornam o ambiente de trabalho ainda mais difícil de se lidar e por consequência gera total desgosto dos colaboradores em relação as suas funções.

O outro ponto consiste na fonte do desânimo ou das reclamações constantes estar na maneira como o profissional se relaciona com o trabalho ou com a própria vida.

Como o trabalho ocupa um papel importante na vida da grande maioria das pessoas é comum haver uma ligação direta entre vida particular e profissional e em alguns casos, o funcionário reflete no trabalho seus problemas pessoais e nada mais parece estar bem.

Como resolver a insatisfação no trabalho?

Com base nos motivos da insatisfação no trabalho, a questão é como resolver esse problema.

Tomando como primeiro campo para avaliação, a empresa, focar na gestão é a principal mudança a ser empregada.

É preciso rever a forma como as pessoas estão sendo geridas, quais os processos empregados na ambientação e no estímulo dos colaboradores, como os gestores tem executado suas funções e como a comunicação vem sendo estabelecida dentro da empresa e esse é um papel do setor de Recursos Humanos.

Mudanças práticas podem ser feitas no dia a dia, com retorno de resultados incentivando o colaborador a aprimorar suas entregas ou recebendo o reconhecimento de um trabalho executado com mérito.

 insatisfação no trabalho

Diálogo sobre trabalho

A empresa precisa pensar também que profissionais de alta qualidade estão cada vez mais raros e muito disputados no mercado.

Quando talentos são descobertos na sua empresa, nada mais inteligente e rentável que investir nele, tornar o trabalho mais empolgante com novos desafios e reconhecer através de prêmios ou melhores remunerações.

Ei! Está insatisfeito com seu trabalho? Deixa a gente te dar mais algumas dicas…

1 – Conheça as melhores técnicas de PNL para atingir objetivos

2 – 10 dicas para ganhar dinheiro como infoprodutor em 2017

3 – Programa de afiliados: como ganhar dinheiro com ele

Talentos foram feitos para serem reconhecidos e valorizados.

Já quando é identificado que o problema está no funcionário, que na verdade o trabalho se tornou reflexo da sua vida particular e que na verdade a insatisfação tem outras raízes, é chegada a hora de se rever conceitos particulares.

A busca pelo autoconhecimento é sempre a melhor resposta para essas questões. Comece se provocando. Esse é o local de trabalho em que quero desenvolver minhas atividades?

Esse é o tipo de gestão que me inspira? Minhas habilidades são representativas nessa empresa? Faço a diferença? Quais são meus planos futuros para essa empresa? Meu trabalho permite que eu tenha uma vida fora dele?

insatisfação no trabalho

Problemas pessoais

É muito fácil projetar as frustrações para um objeto externo, mas não é tão simples assumir que a dificuldade está dentro de cada um. Porém, viver sofrendo e responsabilizando o trabalho pelas suas insatisfações não irá ajudar na mudança.

Talvez seja o momento em que você está passando. Estresse, saúde, relações com familiares e amigos, medos e incertezas.

Essas questões são transitórias e por mais difícil que pareçam hoje elas vão passar. Veja quantos outros problemas você enfrentou, pareciam intransponíveis e hoje eles nem fazem mais sentido para você.

Sendo essa sua situação, o trabalho não pode ser encarado como um peso e sim como uma válvula de escape, pense em se dedicar a algo novo, novas funções, outra área dentro da própria empresa.

Você pode estar desenvolvendo apenas atividades que não te estimulam mais e isso é normal.

Buscar um novo ponto de vista é importante nessa fase. Consultar um orientador de carreira e projetar as mudanças dará maior segurança para esse novo desafio.

Demissão como solução para insatisfação no trabalho

Se diante de todos os motivos listados e ainda como resolver a insatisfação no trabalho, você não vê mais futuro na empresa em que você se encontra pensar em sair dela pode ser a solução necessária.

Esse processo é complicado, às vezes a empresa não entende a questão e não proporciona a demissão, prefere permanecer com um colaborador insatisfeito e o profissional por sua vez não quer perder os benefícios que tem direito ao ser demitido ou simplesmente não tem coragem de fazer, pois também não sabe como lidar com a ideia de estar desempregado.

A primeira coisa a fazer é ter uma conversa franca com seu gestor. Mostra por quais motivos você está insatisfeito com seu trabalho e como isso tem causado prejuízo para empresa.

insatisfação no trabalho

Mudança profissional

Se mesmo diante dessa realidade um acordo não for estabelecido, comece a procurar uma nova ocupação, algo que proporcione uma renda extra ou busque uma nova colocação numa empresa.

De momentos como esse podem resultar grandes descobertas um cargo novo numa empresa que seja mais compatível com seus interesses profissionais ou quem sabe o momento para abrir seu próprio negócio.

Como ter liberdade com a internet