Turismo na Islândia: saiba tudo sobre um dos menores países do mundo

Você já ouviu falar ou pensou em fazer uma viagem de turismo na Islândia? Provavelmente, não. Afinal, este é um dos menores países do mundo, localizado no oceano Atlântico Norte entre a Europa e a Groenlândia. O seu território é composto pela 18ª maior ilha do planeta e pequenas formações próximas.

Hoje em dia, a população é de aproximadamente 320 mil em uma área de 100 mil quilômetros quadrados. A maior cidade da Islândia e sua capital é Reiquiavique, que conta com dois terços dos seus habitantes.

Turismo na Islândia menores países mundo

Descubra várias razões para fazer turismo na Islândia, um dos menores países do mundo

O clima é oceânico subpolar. Isso significa que os seus verões são amenos e breves e os invernos suaves com temperaturas que não ultrapassam os 3 graus negativos. Apesar disto, a temperatura média é ligeiramente agradável se comparada com áreas na mesma latitude.

Por que fazer turismo na Islândia?

O turismo na Islândia está entre os ramos que mais se fortalece na economia local. Nos últimos dez anos, a quantidade de turistas cresceu mais de 100% chegando a 560 mil em 2011, movimentando mais de 800 milhões de euros no país.

Mas, se você ainda está se perguntando por que deveria arrumar as malas e se dirigir para o aeroporto mais próximo com destino a Islândia, basta saber que a Organização das Nações Unidas classificou o país como o terceiro mais desenvolvido do planeta.

Islândia lugar pacífico encantador gelado

Islândia chama atenção por ser um lugar pacífico, encantador e gelado

Nos últimos anos, a Islândia se transformou em uma das nações mais ricas e avançadas tecnologicamente. A cultura é baseada nos povos nórdicos e inclui uma culinária tradicional, poesia e as sagas medievais.

Outro detalhe importantíssimo para o turismo na Islândia é a segurança. Mais do que ser um local tranquilo, o país foi considerado o mais pacífico do planeta pelo Institute for Economics and Peace por causa das taxas mínimas de violência.

belezas naturais Islândia

Belezas naturais chamam a atenção de quem visita a Islândia

Se você já está pensando em pesquisar mais sobre a Islândia e passagens de avião, você deve conhecer as suas belezas naturais.

Definitivamente, este é um dos cenários mais incríveis do mundo! Isso acontece porque o lugar conta com uma grande atividade vulcânica e geotérmica, o que influencia consideravelmente as suas paisagens.

Agora, antes que você siga para o próximo tópico, deixa a gente destacar alguns destinos parecidos com a Islândia para você que quer uma viagem ainda em 2017, dá uma olhada:
1 – Descubra agora os países mais felizes do mundo
2 – Os 9 lugares mais frios do mundo
3 – Descubra agora onde ir nas férias com pouco dinheiro em 2017

Islândia e os pontos de interesse

É possível fazer turismo na Islândia para usufruir de inúmeras atrações. As características naturais, especialmente, os sensacionais gêiseres e as piscinas quentes de lama e glaciares, despertam a curiosidade de pessoas em todo o planeta. Por isso, confira mais sobre a Islândia e o turismo com dicas:

1 – Lagoa Azul (Islândia)

O ponto turístico mais famoso é a Lagoa Azul (Islândia), reconhecida internacionalmente por seus poderes terapêuticos.

Lagoa azul turismo na Islândia

Lagoa Azul é um dos principais motivos para fazer turismo na Islândia

Como se trata de um lugar com população pequena, o local se encontra conservado e é apreciado por turistas, artistas e fotógrafos.

2 – Parque Nacional de Þingvellir

A Islândia tem pontos de interesse considerados pela UNESCO como patrimônios mundiais. O primeiro exemplo se refere ao Parque Nacional de Þingvellir, famoso por ter abrigado o parlamento nacional a céu aberto até 1768.

3 – Ilha de Surtsey

Outro lugar que deve estar no seu roteiro de viagem para Islândia, turismo e dicas é a Ilha de Surtsey, que se formou nos anos 1960 por causa de uma erupção vulcânica e segue intocada. Este é um lugar lindíssimo e também classificado como patrimônio mundial.

4 – Aurora Boreal

Apesar da beleza natural, a razão que mais leva pessoas a fazer turismo na Islândia é aurora boreal. Trata-se de um dos fenômenos mais espetaculares registrados na Terra e acontece devido a uma explosão solar, quando bilhões de partículas de energias são espalhadas no espaço.

O contato com o campo magnético do planeta faz com que algumas partículas sejam direcionadas para os pólos magnéticos terrestres, entrando na atmosfera. No momento que são expostos aos gases, essas partículas ganham as cores vermelha (nitrogênio), azul (hidrogênio) e verde (oxigênio).

Se liga nesse vídeo, porque você vai entender bem o que nós estamos querendo dizer…

Por causa disto, a Islândia se transformou em um dos lugares mais recomendados para admirar esse fantástico evento. Isso acontece porque o país se encontra no Circuito Polar Ártico e favorece a observação. O período mais indicado para contemplar na Islândia a aurora boreal é entre o fim do mês de setembro e começo de março, correspondente ao outono e inverno no Hemisfério Norte.

Os momentos ideais para assistir a esse fenômeno maravilhoso são aqueles em que o céu está totalmente limpo e praticamente sem nuvens. Quando a aurora boreal é mais intensa, o turista pode se dar ao luxo de acompanhar tudo até mesmo sob as luzes da cidade Reykjavík.

Contudo, quem decide fazer turismo na Islândia para apreciar esse evento celeste, geralmente, prefere realizar excursões que se afastam dos centros urbanos rumo aos locais mais distantes. De fato, visitar a Islândia pela aurora boreal significa passar por uma das experiências mais especiais que alguém pode ter em vida.

5 – Cataratas de Gullfoss

Nas proximidades da cidade Reykjavik se encontra o Círculo Dourado, também conhecido como as Cataratas de Gullfoss. A área possui uma mata densa ao seu redor que se torna um verdadeiro espetáculo no inverno por causa da formação de uma cobertura de cristais de gelo.

Cataratas de Gullfoss natureza turismo na Islândia

Cataratas de Gullfoss é um espetáculo da natureza e impressiona quem faz turismo na Islândia

Outra atração do Circulo Dourado é a presença de diversos gêiseres. O gêiser mais famoso recebe o nome de Strokkur e se destaca, justamente, por ter jatos de água de fervente que alcançam impressionantes 30 metros de altura.

Há quem diga que as Cataratas de Gullfoss são uma versão islandesa das famosas Cataratas do Iguaçu, situadas no estado brasileiro do Paraná.

Fica evidente que sobram excelentes motivos para começar a preparar a sua viagem de turismo na Islândia o quanto antes. Sobretudo, se você tem o desejo de ver a neve pela primeira vez e testemunhar algo tão incrível quanto a aurora boreal.

Como ter liberdade com a internet